Problem hidden
|This problem was hidden by Editorial Board member probably because it has incorrect language|version or invalid test data, or description of the problem is not clear.|

CONTRATO - Revisão de contrato

Durante anos, todos os contratos da Associação de Contratos da Modernolândia (ACM) foram datilografados em uma velha máquina de datilografia.

Recentemente Sr. Miranda, um dos contadores da ACM, percebeu que a máquina apresentava falha em um, e apenas um, dos dígitos numéricos. Mais especificamente, o dígito falho, quando datilografado, não é impresso na folha, como se a tecla correspondente não tivesse sido pressionada. Ele percebeu que isso poderia ter alterado os valores numéricos representados nos contratos e, preocupado com a contabilidade, quer saber, a partir dos valores originais negociados nos contratos, que ele mantinha em anotações manuscritas, quais os valores de fato representados nos contratos. Por exemplo, se a máquina apresenta falha no dígito 5, o valor 1500 seria datilografado no contrato como 100, pois o 5 não seria impresso. Note que o Sr. Miranda quer saber o valor numérico representado no contrato, ou seja, nessa mesma máquina, o número 5000 corresponde ao valor numérico 0, e não 000 (como ele de fato aparece impresso).

Entrada

A entrada consiste de diversos casos de teste, cada um em uma linha. Cada linha contém dois inteiros D e N (1 ≤ D ≤ 9, 1 ≤ N < 10100 ), representando, respectivamente, o dígito que está apresentando problema na máquina e o número que foi negociado originalmente no contrato (que podem ser grande, pois Modernolândia tem sido acometida por hiperinflação nas últimas décadas). O ultimo caso de teste é seguido por uma linha que contém apenas dois zeros separados por espaços em branco.

Saída

Para cada caso de teste da entrada o seu programa deve imprimir uma linha contendo um único inteiro V, o valor numérico representado de fato no contrato.

Exemplo

Entrada:
5 5000000
3 123456
9 23454324543423
9 99999999991999999
7 777
0 

Saída:
0
12456
23454324543423
1
0


Adicionado por:Wanderley Guimarăes
Data:2011-02-12
Tempo limite:0.239s
Tamanho do fonte:50000B
Memory limit:1536MB
Cluster: Cube (Intel G860)
Linguagem permitida:Todas exceto: ASM64 CLOJURE ERL FSHARP PERL6 PY_NBC SCALA TCL
Origem:Primeira fase da Maratona de Programação - 2010

hide comments
2012-09-09 04:48:47 Diego do Nascimento
Estranho, eu baixei o arquivos de entrada e saída no site da maratona e fiz a comparaçăo da minha saída com a saída correta usando o comando diff, e ele năo acusou nenhum erro e aqui no spoj está dando como resposta errada.
2012-01-13 11:01:10 danilo soprani [UFES]
fiz com um zero só e usando string em tudo e passou
2011-09-29 16:14:45 Werton Guimarães[UFCG]
A condiçăo de parada DEVE ser 0 0 =D
2011-08-29 14:13:24 Jesse Jander Leal [UNIS-MG]
Da na mesma colocar um ou dois zeros.
Mas a dica clucial para năo tomarem Tempo limite excedido é que o primeiro zero deve ser tipo inteiro.
2011-07-21 17:11:22 [UFPI] Marcos Castro de Souza
o meu foi aceito e eu fiz o encerramento com um 0 só.
2011-07-16 14:23:58 Pablo Herivelton [UFCG]
Acho que o ultimo caso, seria o encerramento o 0 0, mas no exemplo só tem 1
2011-04-17 21:42:57 Albert França Josuá Costa[UFAC]
Tem soluçăo no SPOJ?
Porque sempre da erro de NZEC mas năo tem mais nada para se fazer no código.
Funciona com todos os casos de testes mas quando submeto sempre o mesmo erro.
Em JAVA
2011-04-17 21:41:57 Albert França Josuá Costa[UFAC]
Tem soluçăo no SPOJ?
Porque sempre da erro de NZEC mas năo tem mais nada para se fazer no código.
Funciona com todos os casos de testes mas quando submeto sempre o mesmo erro.
Em JAVA
2011-02-13 16:07:31 Antonio Deromir [ITA]
O último caso tem 2 zeros ou só 1?
© Spoj.com. All Rights Reserved. Spoj uses Sphere Engine™ © by Sphere Research Labs.