Problem hidden
|This problem was hidden by Editorial Board member probably because it has incorrect language|version or invalid test data, or description of the problem is not clear.|

OUTRACRI - Outra crise

Há dois anos atrás, uma nova crise mundial teve início, deixando muitas pessoas com problemas econômicos. Alguns trabalhadores de uma empresa estão tentando pedir um aumento de salário.

A empresa possui uma hierarquia restrita, onde cada empregado tem exatamente um chefe, com a excessão do dono da companhia que não tem chefe. Empregados que não são chefes de nenhum outro empregado são chamados trabalhadores.

Para pedir aumento, um trabalhador deve enviar uma petição ao seu chefe direto. Evidentemente, cada chefe é encorajado a tentar manter seus subordinados felizes com seu salário atual, tornando o lucro da empresa o maior possível. No entanto, quando ao menos T porcento de seus subordinados diretos fazem uma petição, o chefe será pressionado e não terá escolha a não ser enviar uma petição ele mesmo ao seu superior direto. Cada chefe envia no máximo uma petição para seu próprio chefe, independente do seu número de subordinatos que o enviaram. Um chefe somente considera seus subordinados diretos (os que fizeram a petição e os que não a fizeram) para calcular o a porcentagem da pressão.

Note que um chefe pode ter trabalhadores e chefes como seus subordinados diretos ao mesmo tempo, e ele pode receber petições de ambos os tipos de empregados. Cada subordinado direto, independente de seu cargo, terá peso 1 ao realizar o balanço total.

Quando uma petição chega ao dono da empresa, todos os salários são aumentados. O sindicato dos trabalhadores está desesperado tentando fazer isso acontecer, então eles precisam convencer alguns trabalhadores a enviar uma petição aos seus chefes.

Dados a hierarquia da empresa e o parâmetro T, você deve encontrar o menor número de trabalhadores que deve enviar uma petição de forma a fazer com que o dono da empresa aumente os salários.

Entrada

A entrada contém vários casos de teste. Cada caso de teste é dado em exatamente duas linhas. A primeira linha contém dois inteiros N e T (1 ≤ N ≤ 105 e 1 ≤ T ≤ 100), separados por um espaço em branco. N indica o número de empregados da empresa (sem considerar o dono) e T é o parâmetro descrito acima. Cada um dos empregados é identificado por um inteiro entre 1 e N, inclusive. O dono é identificado pelo número 0. A segunda linha contém uma lista de inteiros separados por um espaço em branco. O inteiro Bi, na posição i dessa lista (começando de 1), indica o identificador do chefe direto do empregado i (0 ≤ Bii-1).

O íltimo caso de teste é seguido de uma linha contendo dois zeros separados por um espaço em branco.

Saída

Para cada caso de teste, imprima uma única linha contendo um único inteiro, a menor quantidade de trabalhadores que deve enviar uma petição de modo a fazer com que o dono da empresa receba uma petição.

Exemplo

Entrada:
3 100
0 0 0
3 50
0 0 0
14 60
0 0 1 1 2 2 2 5 7 5 7 5 7 5
0 0

Saída:
3
2
5


Adicionado por:Wanderley Guimarăes
Data:2011-03-07
Tempo limite:0.180s
Tamanho do fonte:50000B
Memory limit:1536MB
Cluster: Cube (Intel G860)
Linguagem permitida:Todas exceto: ASM64 CLOJURE ERL FSHARP PERL6 PY_NBC SCALA TCL
Origem:Final Sul-Americana da Maratona de Programação da ACM 2009

© Spoj.com. All Rights Reserved. Spoj uses Sphere Engine™ © by Sphere Research Labs.